3 táticas para fazer os empregadores virem até você – FACPED

3 táticas para fazer os empregadores virem até você

Como uma pós pode ajudar você a superar a crise
18 de junho de 2016
Inscrições abertas para curso gratuito que ensina jovens a empreender
22 de julho de 2016
Exibir Tudo

3 táticas para fazer os empregadores virem até você

Convencer um empregador de que você é o candidato perfeito pode ser uma tarefa estressante e até desesperadora. Mas e se você invertesse essa equação?

Procurar emprego não é fácil e a rejeição quase sempre é dolorosa. O maior desafio para muitas pessoas é a forma como as empresas testam a resiliência das pessoas.

De acordo com a fundadora e CEO da plataforma de coaching CareerHMO, J.T. O’Donnell, a maneira como o processo é conduzido depende em grande parte das ordens que os recrutadores recebem dos empregadores. Geralmente o melhor candidato na verdade já está empregado e não está procurando vagas ativamente, garante a especialista.

“Geralmente são pessoas que não estão buscando trabalho ativamente, buscam emprego ‘passivamente’. Em outras palavras, elas não se importam em consultar vagas anunciadas porque estão felizes o bastante no emprego que se encontram.  Contudo, se uma oportunidade se apresentar, eles podem considerá-la”, garantiu a especialista em artigo divulgado pela revista Inc.

Segundo O’Donnell, hoje em dia esses “buscadores passivos” são o santo graal do recrutamento. Para os profissionais que vivem neste meio, é preciso ser habilidoso para conseguir não apenas localizar os melhores talentos como também convencê-los a deixar o emprego atual por um novo.

Veja a seguir as dicas dela para que você comece a agir mais como um candidato passivo, e faça com que os recrutadores é que passem a vir até você.

1. Continue empregado: É uma pena, mas a maioria dos empregadores é tendenciosa. Eles preferem encontrar candidatos que atualmente já estão empregados. Por quê? Porque os gerentes de recursos humanos que eles contratam preferem este perfil. Se você está empregado, isso prova que uma empresa encontrou valor na sua combinação de habilidades e experiências. Para aqueles que não estão empregados atualmente, o melhor é fazer cursos ou mesmo trabalho voluntário para conseguir mostrar que você pode ser produtivo, mesmo entre uma contratação e outra.

2. Otimize seus perfis on-line: Recrutadores usam ferramentas como o Linkedin para criar buscas personalizadas e conseguir localizar e avaliar os perfis de candidatos em potencial. Quando você preenche seu perfil com a combinação certa de competências, isso aumenta as chances de você aparecer nos resultados da busca de um recrutador. Simples assim.

3. Crie e siga uma lista de empregadores: Recrutadores amam recomendações. Não é à toa que eles incentivam os funcionários a recomendar amigos e colegas. Sabendo disso, você pode identificar um grupo de 10-20 empregadores para os quais gostaria de trabalhar e começar a segui-los nas redes sociais. Use o poder de suas conexões para buscar ser apresentado a pessoas que trabalham lá. Não tem segredo: uma vez conectado, você fica mais visível aos recrutadores.

Vamos supor que você se conecte com o José da Silva da empresa ABCDE no Linkedin e também siga o perfil da companhia na plataforma – um recrutador verá essas conexões se revisar eu perfil. Só de mostrar interesse na empresa e fazer amizade com um funcionário você acaba aumentando as chances de um recrutador chegar até você.

Fonte:  
https://www.linkedin.com/pulse/3-t%C3%A1ticas-para-fazer-os-empregadores-virem-at%C3%A9-voc%C3%AA-danilo-barba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *